Trabalhar a gestão de segurança da informação da sua empresa é um assunto sério. Como sabemos que dados valem muito, qualquer deslize ou falta de conhecimento pode expor o seu negócio e causar danos irreparáveis.

Ainda assim, muitas empresas não possuem políticas bem definidas ou deixam de dar a devida atenção a esse patrimônio tão valioso. Mas, o que fazer para evitar o vazamento e proteger as informações da sua empresa?

Continue lendo o nosso artigo e conheça os principais erros de gestão de segurança da informação que você não pode cometer mais!

1- Não ter cuidado com as senhas

O primeiro grande erro de segurança da informação é algo bastante comum e que pode ser resolvido com mudanças simples. Como temos cada vez mais senhas para decorar, a tendência é que comecemos a padronizá-las e utilizar termos simples, como “senha123”, para facilitar o acesso aos logins, Wi-Fi e documentos protegidos.

No entanto, da mesma forma que essa senha é fácil de ser decorada pela sua equipe, ela também abre diversas possibilidades para invasões e vazamentos de dados. Por isso, comece a levar a definição de senhas um pouco mais a sério para dificultar o acesso a informações que deveriam estar protegidas a sete chaves.

2- Não limitar o acesso de funcionários

Independentemente do tamanho da sua empresa, nem todos os funcionários precisam ter acesso a absolutamente todas as informações e documentos. Muitas vezes, senhas e dados importantes acabam vazando por falta de cuidado ou despreparo da equipe. Por isso, é muito importante criar uma hierarquia de responsabilidades e acessos.

O ideal é que cada funcionário tenha acesso apenas àquilo de que necessita para executar o seu trabalho e, caso haja necessidade, delegue um responsável por acessar sistemas ou logins necessários para resolver problemas mais complexos.

3- Não manter um backup

Você já parou para imaginar o que aconteceria com a sua empresa se ela sofresse um ataque e todas as informações fossem perdidas? Fazer um backup frequente dos documentos, senhas e dados é fundamental para reduzir as perdas caso algo aconteça.

Vale destacar que apenas possuir uma ferramenta de backup não é suficiente. É preciso criar o costume de atualizá-la de maneira constante para estar sempre prevenido. Nesse sentido, trabalhar com documentos na nuvem pode ajudar bastante a sua empresa a manter o backup sempre em dia.

4- Não enxergar a segurança da informação como investimento

Não investir em sistemas de segurança da informação, deixar de traçar um plano para lidar com falhas e não implementar ações que visem minimizar o vazamento de dados talvez sejam os maiores erros cometidos pelas empresas.

Muitos negócios ainda tendem a acreditar que ataques e falhas em sistemas é algo que só acontece com grandes multinacionais. A realidade, no entanto, é que qualquer empresa está suscetível a esse tipo de situação e pode perder informações vitais para o funcionamento do negócio.

Deixar a gestão da segurança da informação em segundo plano pode custar muito caro e, dependendo do caso, até obrigar a sua empresa a fechar as portas.

Assim como existem boas práticas, sistemas e ferramentas para vendas, atendimento ao cliente e produção, a segurança da informação deve estar presente em todos os processos e reuniões estratégicas para aumentar o lucro da sua empresa.

Comece a tratar o assunto com a importância que ele demanda e não deixe de conscientizar a sua equipe para que as informações da empresa fiquem mais protegidas. Esse tipo de atitude fará toda a diferença para garantir a integridade do seu negócio, reduzir custos e criar mais vantagem competitiva no mercado.

Gostou das nossas dicas sobre segurança da informação? Então, não deixe de nos acompanhar no Facebook e no Twitter para saber mais sobre como a gestão de TI pode ajudar a potencializar o seu negócio!

e-book-seguranca-dedados

[]’s,

Felipe Lucena
CTO & Partner na Diferencial TI