Vivemos em uma era tecnológica, em que cada vez mais empreendedores têm reconhecido a importância do setor de TI, independentemente do tamanho da empresa ou do setor de atuação no mercado.

Por mais que não detenha conhecimento avançado sobre o assunto, o empresário moderno sabe que seu negócio precisa de um bom trabalho de consultoria em TI para se manter competitivo e não ter a produtividade da empresa vulnerável a riscos.

Profissionais desse setor podem proporcionar conhecimentos específicos de grande utilidade para qualquer negócio, como qual equipamento adquirir de acordo com o porte da empresa, ou qual a melhor estratégia a adotar mediante a situação do mercado atual.

Se você está considerando contratar uma empresa que fornece serviço de consultoria de TI para seu negócio, não deixe de conferir as 5 dicas que separamos no artigo de hoje!

1. Informe-se sobre todas as questões contratuais

Antes de firmar um contrato com uma empresa que fornece serviços de consultoria de TI, esteja ciente de todas as questões contratuais entre as duas empresas envolvidas.

Antes de assinar qualquer contrato, confira todos os direitos e obrigações legais de ambas as partes e certifique-se de que todas as possibilidades estão cobertas, sejam custos adicionais, horas extras, prazos, despesas, metas, resultados, entre outras.

É altamente indicado que a empresa já tenha um contrato padrão para que cada vez que contratar um serviço de consultoria de TI, não precise ter que revisá-lo inteiro.

2. Verifique a experiência da empresa de consultoria de TI

Peça referências, veja seu portfólio, procure se informar sobre sua reputação em sites como CloudSpokes, GitHub e Coderbits.

O importante é que você confirme que o profissional ou empresa que fornece consultoria de TI tenha experiência na área empresarial antes de fechar negócio ou assinar um contrato.

3. Firme um contrato de confidencialidade

Por mais que a empresa contratada afirme trabalhar com profissionalismo, palavras não significam nada quando uma situação precisa ser levada a um tribunal.

Por isso, um contrato ou cláusula de confidencialidade deve ser preestabelecido antes de fechar negócio. Caso contrário, sua empresa corre o risco de ter propriedade intelectual roubada como projetos, arquivos e informações confidenciais, assim como os dados de login de uma conta de rede social ou e-mail.

4. Encontre referências que corroborem sua credibilidade

Atualmente, a maioria das empresas dos mais variados setores utilizam as redes sociais para divulgar seus produtos ou serviços, além de sua lista de clientes ou portfólio.

Portanto, uma das formas iniciais de se verificar a credibilidade é checar as redes sociais, pois consultores de TI costumam ter uma forte presença nas mídias digitais.

O LinkedIn costuma ser a plataforma ideal para isso, mas você também deve pedir as referências à empresa. Caso ela negue, então você deve desconfiar.

5. Aproveite a entrevista para fazer perguntas relevantes

Profissionais de TI devem estar habituados a lidar com emergências e situações extremas. Não hesite em perguntar ao candidato como ele costuma lidar com esse tipo de situação.

Além disso, é importante ter certeza de que suas certificações estão atualizadas. Isso porque uma consultoria de TI precisa ser realizada por um profissional que esteja inteirado sobre o setor em que atua. Portanto, não deixe de fazer esse tipo de pergunta na entrevista.

De fato, o setor de TI é indispensável para que qualquer empresa se mantenha atualizada e não perca posição em um mercado tão competitivo. Afinal, toda a sua concorrência já está adiantada sobre as maiores tendências tecnológicas e certamente tem uma eficiente gestão de TI.

Agora que você sabe o que considerar antes de contratar uma empresa que fornece serviços de consultoria de TI, não deixe de entrar em contato com a Diferencial TI!

[]’s,

Lameck Oliveira.
CEO & Partner na Diferencial TI.