Já pensou em poder controlar um computador a distância? Estar a quilômetros de distância e ainda ser capaz de ter total controle sobre os seus arquivos?

Não, isso não é coisa de hacker, é algo que já está ao alcance de qualquer pessoa nos dias de hoje. Imagine aquele amigo que tem algum problema no computador – vocês conversaram por horas e nenhuma solução. Subitamente, você se lembra da possibilidade de acessar aquela máquina remotamente e pronto! O computador do seu amigo surge na tela, como se estivesse ali na sua frente.

Você já utilizou acesso remoto? No artigo de hoje vamos falar sobre vários benefícios dessa tecnologia tão necessária nos dias de hoje.

Como funciona

Podemos encarar o acesso remoto como uma conexão entre computadores através de uma rede (que pode ser local ou não) e, dessa forma, controlar uma máquina a distância.

Aparelhos físicos, como mouse e teclado, não são utilizados, já que o controle está com outra pessoa longe dali. Vários programas garantem o acesso remoto a outros computadores, mas o funcionamento costuma ser sempre o mesmo: basta instalar um programa e um número é gerado. Com esse número é possível acessar a máquina.

Existe também a opção de apenas assistir o que o outro computador está fazendo. Essa função costuma ser utilizada por pessoas que querem saber o que os filhos estão fazendo no computador ou até mesmo por gerentes monitorando os seus subordinados.

Produtividade

No meio corporativo, o tempo gasto pelo departamento de TI para resolver problemas casuais de manutenção pode cair bastante, já que o deslocamento até o problema simplesmente desaparece. Em questão de instantes, a máquina com defeito aparece na tela do especialista.

Por outro lado, utilizar o acesso remoto pode ser de grande ajuda no dia a dia. Com a vida tão agitada, está cada vez mais fácil produzir algo no desktop pessoal e simplesmente esquecer ali. Se esse é o seu caso, pense como o acesso remoto pode resolver seus problemas e ainda trazer vários benefícios.

Mobilidade

Podemos considerar a mobilidade como um grande ponto do acesso remoto. Basta pensar que, dependendo do uso que uma pessoa faz do computador, seja para trabalho, seja para fins pessoais, essa tecnologia pode cair como uma luva. Pense em manutenção de softwares ou até mesmo na consulta ao seu banco de dados pessoal a partir de um dispositivo móvel (ou de outro computador).

De forma geral, o que assistimos hoje como virtualização e computação na nuvem não deixam de ser versões mais abrangentes do conceito de acesso remoto, já que o usuário está controlando seus arquivos e softwares a distância.

Acesso remoto

Para que o trabalho seja feito de forma eficiente, é fundamental que a conexão entre as duas máquinas seja estável e de baixa latência (a velocidade com que a informação é enviada e recebida). Por exemplo, se uma das pontas utilizar conexão wireless, a velocidade pode deixar a desejar. Se ambas utilizarem conexão a cabo, a experiência é muito mais próxima do real.

Como pode ver, não são apenas os especialistas que podem acessar computadores de forma remota. É uma tecnologia disponível para qualquer pessoa.

Você utiliza acesso remoto no trabalho ou nas suas atividades diárias? Percebeu aumento na produtividade? Deixe um comentário!

[]’s,

Lameck Oliveira.
Sócio-diretor na Diferencial TI.