Um dos itens mais importantes para a continuidade de qualquer negócio é a estratégia de backup utilizada por uma empresa para resguardar seu maior bem: a informação. Para isso, é preciso conhecer os tipos existentes — backup completo, diferencial e incremental — e entender qual a solução mais indicada em cada caso.

Pensando nisso, escrevemos este artigo, para ajudá-lo a compreender e decidir qual modelo utilizar. Boa leitura!

Os tipos de backup e suas diferenças

Os backups podem ser:

Backup completo ou full

Consiste na cópia completa dos dados, com o backup anterior sendo descartado para dar lugar a um novo backup full. Nesse modelo, todos os dados sempre são copiados a cada execução do backup.

Vantagens

Esse é o modelo mais simples e direto. Ele sempre dá a certeza de que todos os dados estarão presentes, no caso de precisar contar com as cópias em uma restauração.

Desvantagens

Todo o banco de dados é sempre copiado. Isso pode ser irrelevante para uma pequena quantidade de dados, mas, à medida em que a base de dados cresce, tanto o backup quanto a restauração se tornam mais e mais demorados.

Backup Incremental

Esse modelo de backup copia somente os dados alterados desde o último backup executado — seja o completo, diferencial ou incremental. Em primeiro lugar, executa-se um backup fullseguido de diversos backups incrementais.

Se houver alterações nos dados, somente elas serão copiadas.

Vantagens

A rapidez para cópia dos incrementais é o maior benefício, pois somente dados alterados ou novos são adicionados ao último backup executado. Essa opção diminui o tempo do processo e um eventual consumo de link de rede ou internet.

Desvantagens

Exige maior domínio por parte do agente responsável, visto que é preciso ter controle sobre o catálogo dos backups executados. Além disso, a restauração é mais lenta, pois é preciso primeiro restaurar o último backup full, seguido da sequência de incrementais até o último realizado.

Backup Diferencial

O backup diferencial é parecido com o incremental, pois aplica as alterações executadas após um backup full. No entanto, ele sempre copia os dados alterados desde o backup completo. Em outras palavras, para se executar uma restauração, basta utilizar o último backup full, seguido do último backup diferencial.

Vantagens

A vantagem principal é ter menos arquivos pra restaurar, já que não se aplicam vários arquivos na restauração, apenas o full e o último diferencial. Ele gera menos tráfego de rede do que o full, e é menos complexo que o incremental.

Desvantagens

O tempo de recuperação pode se tornar um pouco maior do que quando se utiliza o modelo incremental.

A melhor opção para cada negócio

Agora que você conhece as opções de backup existentes, fica mais fácil identificar a que melhor atente às necessidades do negócio.

Quando optar por um backup completo?

Para bases de dados pequenas, com tendência a crescimento lento, o backup full é o mais indicado. Em primeiro lugar, por ser o mais simples, de fácil implementação. Para uma eventual restauração no caso de perda do banco de dados, basta ter o último full guardado. Mídias de CD, DVD, diretórios na rede ou mesmo a nuvem atendem perfeitamente a essa solução.

Quando o backup diferencial ou incremental pode ser mais indicado?

Para casos em que o banco de dados tende a crescer, chegando a alguns gigabytes em meses, pode-se pensar nas opções diferencial ou incremental. Empresas de porte médio a grande geralmente precisam de grandes áreas de armazenamento, como backups em fitas ou storages, além da opção de contratação de um serviço de armazenamento em nuvem.

Nesses casos, um backup full semanal, acompanhado de um diferencial diário pode resolver a necessidade do negócio.

De qualquer forma, procurar uma empresa especializada sempre é o mais indicado, pois, além da análise do ambiente, também é preciso pensar na companhia de um parceiro especialista para ajudar a continuidade e escalabilidade do negócio.

Com essas informações, você já pode escolher entre backup completo, diferencial e incremental e usá-los de forma isolada ou associada, conforme suas necessidade. Para se manter informado sobre o tema, assine nossa newsletter e tenha sempre conteúdos relevantes diretamente em seu e-mail!

Felipe Lucena
Gerente de Sucesso na Diferencial TI.