O investimento em uma licença de software ainda é visto como um custo desnecessário no Brasil. A cultura da pirataria é muito forte em nosso país.

Segundo um estudo realizado anualmente pela BSA (Business Software Aliance), 47% dos softwares instalados no Brasil no ano de 2015 não era licenciados. Quase metade de toda a amostragem se utiliza de sistemas pirateados em seu dia a dia.

Sua empresa pode estar entre os usuários que se utilizam de softwares não licenciados. Essa realidade pode trazer vários inconvenientes para o seu negócio. Então, como legalizar software pirata?

Elaboramos este artigo para mostrar a você as vantagens de legalizar seus softwares. Após esta rápida explanação, vamos mostrar como você pode proceder para sair da ilegalidade da pirataria.

Quais os benefícios da legalização?

Alguns benefícios esperam aqueles que optam pelo licenciamento de softwares utilizados em suas empresas. Confira!

Suporte dos fornecedores

A partir do momento que você utiliza de um software licenciado, terá o direito de questionar o fornecedor acerca de qualquer problema ocorrido.

O suporte oferecido pelo provedor de uma solução faz parte de seu custo de licenciamento. Ao optar por investir em uma licença, você poderá fazer uso dessa vantagem que não é oferecida aos usuários piratas.

Redução de custos indesejáveis

Em um caso recente da justiça brasileira, a Universidade Candido Mendes teve um prédio pertencente a ela leiloado para o pagamento de dívidas recorrentes do uso do sistema operacional da Microsoft sem o pagamento de seu licenciamento por 17 anos.

O uso de software pirata pode parecer uma economia. Mas as consequências do uso de sistemas sem licenciamento podem ser desastrosas para qualquer empresa.

Segurança de dados

Um sistema pirateado é uma porta de entrada para visitantes mal intencionados que podem roubar seus dados.

Muitas distribuições de softwares piratas são feitas por hackers, que conseguem invadir os códigos fontes dessas aplicações para desabilitar a necessidade de licença. Só que esses “robins hoods” podem inserir códigos maldosos nos sistemas para ter acesso aos dados da sua empresa!

E como legalizar um software pirata?

Já vimos algumas das vantagens oferecidas pelo licenciamento. Mas como licenciar um software que a sua empresa já utiliza em sua rotina diária?

A empresa pode entrar em contato com o fornecedor do software utilizado e solicitar novas licenças para ele. Com isso, pode continuar utilizando a aplicação e contando com todas as vantagens descritas aqui.

Caso a demanda se faça por uma nova solução, a compra direta por um pacote de programas já acompanhados de licença de uso é uma saída.

Ainda segundo a pesquisa apresentada pela BSC, 15% dos funcionários instalam softwares nos servidores da empresa sem a permissão do gestor de TI. Estar atento a esse tipo de situação também é imprescindível para evitar surpresas desagradáveis.

Ainda tem dúvidas?

Um passo grande como o licenciamento de todo um ambiente de aplicações pode gerar alguns receios na equipe de TI. Mas é a coisa certa a fazer. Uma ação judicial, uma brecha de segurança e a falta de suporte são só alguns dos problemas enfrentados por optar pelo software pirata. Contar com a orientação especializada pode ajudar você nessa transição.

Compartilhe esta publicação em sua redes sociais e ajude outros gestores a entender os benefícios de usar apenas softwares licenciados.

Tem alguma dúvida ou quer fazer uma pergunta específica sobre seu cenário? Pode enviar um e-mail para felipe@diferencialti.com.br e será um prazer ajudá-lo.

Felipe Lucena.
Gerente de Sucesso na Diferencial TI.