O que você tem de mais importante hoje dentro da sua empresa? Eu posso não saber quem é você ou onde você trabalha, mas mesmo assim eu tenho a resposta para essa pergunta.

São os dados do seu negócio. O que aconteceria hoje se por acaso o seu servidor pegasse fogo! Seria desastroso não é? Temos um artigo no qual você pode verificar as consequências de não se realizar backups constantemente.

Já percebeu a importância de realizar o backup dos seus dados? Neste artigo vamos lhe mostrar as 5 melhores práticas de backup para você manter todas as suas informações a salvo. Confira!

1. Escolha o local de backup

A primeira coisa a se planejar na hora de realizar seus backups é em que local você vai salvar seus dados.

São várias as opções disponíveis no mercado, como discos rígidos externos, opções em fita e backup em nuvem. A melhor prática neste caso não é se ater a apenas um tipo mas escolher mais de um. Ter mais de um local de backup para sua empresa tornará mais seguros seus dados estarão. Então diversifique!

2. Reduza seu backup

Em qualquer conjunto de dados, é possível encontrar informações duplicadas. Dependendo do volume de dados, é interessante eliminar todos os dados duplicados para apresentar um backup “enxuto”.

Afinal de contas, o objetivo é salvar dados relevantes e não gastar recursos com redundâncias que não irão agregar nada ao negócio.

3. Realize backups periodicamente

Qual a melhor hora para se realizar um backup? Quantas vezes por dia ou semana se deve fazer um backup?

Algumas empresa optam por criar seus arquivos de backup ao fim de um dia de trabalho. Mas pense bem. Se um ataque hacker ocorrer ao fim do dia, alguns minutos antes do seu backup agendado?

Bom, nesse caso você acaba de perder um dia inteiro de trabalho em dados. Realizar alguns backups ao longo do dia evitar um inconveniente desses.

4. Crie versionamentos

Uma rotina de backup pode ser feita de duas maneiras distintas. Criar um arquivo de backup e substituir o anteriormente criado ou então realizar o versionamento de seus arquivos de backup.

Com o versionamento você não excluí o backup anterior e cria assim uma “cadeia de memória” das suas informações, em que, caso algo dê errado com o backup de hoje, você ainda assim vai poder buscar informações em arquivos de backups antigos para restaurar seus dados perdidos.

5. Teste seus backups

Então você criou todos os seus backups seguindo as melhores práticas para isso e aconteceu o inesperado. Você precisou restaurar dados! Mas quando buscou o backup para restauração que surpresa, os dados estavam corrompidos.

Sim, isso pode muito bem acontecer. E é por isso que a última prática é importante. Testar manualmente todos os seus backups faz parte de uma rotina bem planejada, afinal, dados corrompidos, arquivos que não abrem ou informações perdidas fazem parte da vida de quem lida diariamente com TI, e você não pode esperar o prejuízo acontecer para agir.

Fique atento às melhores práticas de backup

A rotina pode ser capaz de matar qualquer procedimento. Se você nunca ouviu isso basta pensar um pouco. A rotina faz com que a equipe de TI fique desatenta aos poucos acabando por abandonar certos procedimentos e padrões que podem salvar a empresa de um prejuízo enorme.

A Diferencial TI pode ajudar você a montar uma rotina de backup para não lhe deixar na mão! Faça contato conosco por um de nossos canais de comunicação! Assim poderemos ajudar você a ter seguros os dados de sua empresa.

Se você quiser saber melhor como estruturo os backups para que eles sejam inabaláveis, pode me mandar um e-mail no 📧 lameck@diferencialti.com.br. Vai ser um prazer conversar com você e contar como fizemos isso internamente e com nossos clientes (:

[]’s,

Lameck Oliveira.
Executivo de Vendas na Diferencial TI.