A segurança da informação é uma das principais preocupações de empresas que têm soluções de TI integradas aos seus processos internos. Gestores precisam lidar com riscos e ameaças regularmente, criando processos para reduzir danos e evitar falhas internas.

E para conseguir executar essa rotina, é necessário conhecer os principais riscos de segurança da informação. Confira, no post que preparamos, quais são e como eliminá-los!

Roubo de dados

O roubo de dados é uma ameaça constante para empresas que têm muitas operações conectadas aos seus serviços de TI.

Quando o negócio integra a tecnologia aos seus processos internos, mais dados trafegam por meio da infraestrutura de rede ou são armazenados em servidores e bancos de dados. E, como consequência, a empresa precisa estar preparada para enfrentar ataques que busquem roubar informações corporativas.

Para isso, soluções de monitoramento podem ser implementadas. Avaliando continuamente o tráfego de rede e as ações do usuário, a empresa conseguirá identificar contas comprometidas, tentativas não autorizadas de acesso a recursos internos e outras técnicas de ataque. Assim, as medidas para eliminar os riscos e vulnerabilidades serão eliminadas rapidamente.

Espionagem industrial

A espionagem industrial é um problema que pode afetar qualquer empresa. Deixar que projetos internos caiam nas mãos de terceiros compromete a capacidade do empreendimento manter-se na frente de seus concorrentes e de criar formas de atender ao seu público-alvo.

Uma das formas de reduzir ao máximo esse risco é investindo na criação de uma política de controle de acesso. A empresa deve reduzir a capacidade de pessoas visualizarem, alterarem e eliminarem registros internos. O ideal é que todos os profissionais tenham acesso apenas aos recursos necessários para o seu dia a dia.

Softwares desatualizados

Um dos principais riscos de segurança da informação é o uso de softwares desatualizados. Essa situação expõe usuários a riscos como o uso de sistemas que têm brechas de segurança e erros de código não solucionados. A longo prazo, a manutenção de uma infraestrutura composta por ferramentas não atualizadas prejudica a produtividade de usuários e facilita ataques.

Crie um canal que torne simples o processo de atualização dos softwares internos. Tenha uma rotina agilizada, que inclua o teste de todos os aspectos das novas versões de um programa e reduza ao máximo o tempo necessário para que um update seja homologado e instalado nos computadores existentes. Assim, a empresa consegue manter-se eficaz e com uma infraestrutura confiável.

Ataques de ransomware

Os ataques de ransomware têm chamado a atenção dos especialistas em tecnologia como um dos principais riscos de segurança da informação da atualidade. O ransomware é um malware que captura os dados do usuário infectando todos os arquivos acessíveis e exigindo um pagamento em troca de uma chave de acesso.

Para evitar que a empresa seja vítima desse tipo de ameaça, é importante que várias medidas de segurança digital sejam tomadas. A rede interna precisa ser segmentada e os computadores atualizados rapidamente.

Ao mesmo tempo, dispositivos devem ser mantidos atualizados e a rede interna monitorada constantemente. Mecanismos de controle podem ser implementados. Assim, a companhia reduz as chances de uma máquina ser infectada e, caso as medidas de prevenção falhem, o impacto será o menor possível.

Se você gostou das nossas dicas e quer saber como proteger ainda mais a sua empresa dos principais riscos de segurança da informação, baixe já o nosso ebook: 9 dicas para proteger os dados da sua empresa!

Felipe Lucena.
CTO & Partner na Diferencial TI.