A segurança dos dados que estão sob a responsabilidade de sua empresa dá confiabilidade aos seus clientes e faz parte do bom relacionamento entre vocês.

Com tamanha obrigação em seus ombros, os gestores devem acompanhar as inovações na área de segurança para continuar se mostrando capazes de manter os dados a salvo. No entanto, ninguém está livre dos problemas que podem surgir para dificultar a missão do gestor de TI.

Pensando nisso, hoje vamos falar de algo essencial para a saúde do seu negócio: o Backup do System State. Mas o que é Backup do System State, exatamente? Antes de falar sobre a tecnologia, temos que nos ater ao que faz dela uma aliada tão forte na segurança da informação. Para ficar por dentro do assunto, continue a leitura!

O que é Disaster Recovery?

O Disaster Recovery, ou recuperação de desastres, é um plano de ação que conta com um conjunto de procedimentos e políticas para a restauração da infraestrutura de TI após uma falha humana ou um desastre natural que inviabilize seus recursos de tecnologia.

Ter esse plano de recuperação bem desenvolvido pode ser a diferença entre a vida e a morte de uma empresa. Imagine que algo como um incêndio acabe destruindo seus servidores, mas seu negócio não possui alternativas para os dados salvos.

O primeiro passo para a proteção das suas informações passa pelo Backup do System State.

O que é Backup do System State?

O Backup do System State, ou estado do sistema, é uma maneira de salvar em arquivo de backup algumas das informações críticas de registro, a identidade de sua máquina.

Dessa forma, torna-se possível fazer o Disaster Recovery do sistema após falhas ocorridas que causaram sua quebra. A criação desse backup pode ser feita por meio de ferramentas exclusivas do Windows Server, que vão gerar arquivos salvos de:

  • arquivos de arranque;
  • Active Directory;
  • Sysvol;
  • serviços de certificados;
  • banco de dados de cluster;
  • registros;
  • informações de configuração de desempenho;
  • banco de dados de registro de classe de serviços de componentes.

A restauração desse backup substituirá os elementos de inicialização do sistema, voltando a montar o estado daquele que era utilizado anteriormente.

O profissional de TI deve ficar atento ao fato de que o Backup do System State é diferente de um backup de system image. O segundo é muito mais pesado e inclui tudo que havia no sistema a ser restaurado.

Quais as vantagens do Backup do System State?

A principal vantagem é, com certeza, a possibilidade de recuperar seu ambiente de servidor e colocá-lo novamente em funcionamento com rapidez.

De posse de sua identidade original, sua máquina não terá problemas para trabalhar com as permissões necessárias na rede. Seu uso continuará normalmente, como era antes do Disaster Recovery. Todos os acessos às aplicações utilizadas serão restauradas junto ao backup do estado do sistema.

Viu só? Agora que você já sabe o que é Backup do System State, como ele funciona e quais são suas vantagens, fica fácil perceber a importância de manter backups regulares para a segurança de seus dados. Quer mais dicas sobre tecnologias essenciais para a sua empresa? Assine nossa newsletter e fique por dentro de todos os nossos posts!

Felipe Lucena.
CTO & Partner na Diferencial TI.