Computação na nuvem é uma das tendências atuais mais fortes em termos de tecnologia. Ela funciona a favor do seu negócio na redução de custos, de recursos utilizados em processos operacionais e acelera a obtenção de resultados já que a capacidade de processamento deixa de depender de hardware local e é terceirizada para servidores externos, que podem ser acessados via internet.

Quer conhecer um pouco melhor essa ferramenta e saber como ela pode tornar sua gestão mais simples? Entenda seu funcionamento e por que esta é uma opção para otimizar recursos em sua empresa. Confira!

O que é computação na nuvem?

Computação na nuvem — ou cloud computing — é como nos referimos ao acesso remoto a aplicativos e armazenamento disponibilizado através da internet. Por meio dela é possível utilizar a memória e capacidade de processamento de servidores externos para realização de múltiplas tarefas com flexibilidade, em geral direto de seu navegador.

Ela oferece o espaço ideal para guardar seus arquivos sem ter de se preocupar com o tamanho deles, já que sua escalabilidade é feita de acordo com as necessidades do cliente. Este tem a liberdade para adequar os planos contratados a quantidade de usuários que precisam ter acesso aquela informação, espaço utilizado e número de serviços. É uma ótima maneira de economizar recursos, gastando menos com tecnologia e liberando orçamento para investir no seu negócio.

Como funciona a computação na nuvem?

A computação na nuvem elimina a necessidade de instalação para a maioria dos softwares, como pacotes de ferramentas para edição de texto e imagens. Estes serviços ficam disponíveis via internet e tudo que é preciso para utilizá-los é uma conexão estável e capacidade de processamento local para instalar o software cliente, geralmente mais leve que os tradicionais. A maior parte dos serviços pode ser acessada direto de seu navegador o que diminui a complexidade dos sistemas utilizados enquanto potencializa o resultado em termos de processamento.

Máquinas remotas são disponibilizadas pelo provedor para realizar as operações fundamentais para sua empresa que nos modelos tradicionais de computação seriam feitas localmente, demandando investimentos maiores em hardware e licenças para cada máquina ou usuário.

Quais são as vantagens da computação na nuvem?

Executivos podem encontrar vantagens econômicas e de desempenho para suas equipes na utilização da computação na nuvem. Ela reduz o custo de manutenção e atualização dos equipamentos utilizados em sua empresa, aumenta a disponibilidade de serviços e diminui o gasto com a compra de licenças de uso para as principais ferramentas que seu negócio precisa.

Quando falamos de produtividade, a computação na nuvem também é aliada da gestão, já que ela depende da harmonia entre pessoas, processos e sistemas. Garantindo que os últimos funcionem de maneira constante e com capacidade máxima de hardware fica mais fácil equilibrar a equação e conquistar os resultados que sua empresa sempre desejou.

Além do mais, o software na nuvem também garante atualizações constantes que, feitas máquina a máquina, demandariam muito tempo do seu departamento de TI. Associadas a segurança das operações, na nuvem elas ocorrem de forma remota e automática. Sua empresa estará sempre utilizando a melhor e mais recente versão dos aplicativos dos quais depende sua produtividade.

A computação na nuvem é um investimento economicamente vantajoso e que simplificará o acesso a serviços essenciais para que tudo corra bem em sua empresa. Sua equipe já teve alguma experiência com sua utilização? Deixe um comentário sobre a sua experiência!

Lameck Oliveira.
Sócio-diretor na Diferencial TI.