Mesmo com progressos consideráveis nos últimos anos, a computação em nuvem ainda é cercada de muitos mitos. Essas falsas histórias impedem a gestão adequada dos recursos de TI e da segurança da informação.

Confira a seguir os 6 principais mitos sobre computação em nuvem e saiba como aproveitar o potencial dessa nova modalidade de serviços.

1. A nuvem não é segura

A falta de segurança é o principal mito que surge quando se fala em computação em nuvem. Da mesma forma que sistemas tradicionais possuem brechas, os serviços de cloud computing também podem ter falhas.

Diante disso, as empresas fornecedoras de serviços na nuvem precisam tomar cuidados especiais, como, por exemplo, criptografar as informações armazenadas. Prevenção sai sempre mais barato para o seu negócio.

2. Não é possível controlar onde os dados residem na nuvem

A localização das informações é uma preocupação relevante, e diversos países possuem leis que proíbem a venda e o armazenamento de dados pessoais em outros continentes.

A escolha do serviço de cloud computing para a sua empresa deve se basear no local onde o provedor mantém suas bases de dados na nuvem. É essencial estar em conformidade com as políticas de transmissão de informações do seu país.

3. Computação em nuvem prejudica o meio ambiente

Data centers utilizam grande quantidade de energia para manter seus serviços de cloud computing e, com isso, é comum achar que os fornecedores desgastam o meio ambiente.

Mais um mito, pois várias empresas alugam o mesmo data center e, dessa forma, gastam menos energia e até reduzem a quantidade de servidores utilizados internamente.

4. Configurar a infraestrutura na nuvem é demorado

Os serviços de computação em nuvem são modelados conforme as demandas e as particularidades de cada negócio. Trata-se de uma solução flexível e dinâmica.

O processo de configuração da infraestrutura da sua empresa na nuvem é bem mais rápido que a forma tradicional de instalar cada computador nas estações de trabalho.

Dependendo da eficiência dos técnicos do seu provedor de serviços na nuvem, é possível configurar a infraestrutura da sua empresa em menos três meses.

5. Serviços na nuvem são muito caros

Muitos gestores focam apenas os gastos imediatos, e com isso não conseguem visualizar os benefícios de médio e longo prazo para o negócio.

Cabe frisar que o custo para implantar os serviços da sua empresa na nuvem é compensado pela economia e pela otimização dos recursos de TI alcançados ao longo dos próximos anos.

A montagem de uma estrutura física de computação pode ser onerosa para o seu negócio. Por isso é sempre importante avaliar se é viável transferir os seus serviços para a nuvem.

6. Migrar para a nuvem pode tirar o meu emprego

É fato que os serviços na nuvem geram impactos diretos na infraestrutura de TI de uma empresa, mas isso não quer dizer que a sua empregabilidade está prejudicada.

Muito pelo contrário, habilidades e conhecimentos sobre cloud computing são sempre bem-vistos em qualquer empresa. Lembre-se de que o profissional de tecnologia deve estar sempre atualizado com as novas tendências.

Gostou do nosso post? Quer saber mais sobre computação em nuvem? Entenda como ela pode melhorar a computação da empresa

Felipe Lucena.
CTO & Partner.