A transformação digital que vem acontecendo em ritmo cada vez mais constante na esfera global, também tem apresentando grandes reflexos na área de negócios e business em geral. Esse aspecto faz com que a tecnologia passe a se fazer presente, quase que de forma obrigatória, em todo tipo de empresa, seja ela relacionada à mercados digitais ou analógicos, variando na amplitude de setores, cuja atuação é diretamente ligada a processos tecnológicos.

É por tal aspecto que a gestão bem-sucedida de qualquer negócio passa, diretamente, por uma gestão de TI (Tecnologia da Informação) eficiente e sem falhas. Ela é responsável não apenas por automatizar processos, reduzir custos e trazer mais agilidade às rotinas de qualquer tipo de negócio, mas também fornece à empresa ou empreendimento, um ambiente muito mais favorável a inovações que possam se tornar um diferencial para o negócio no futuro.

Outro aspecto importante que uma gestão de TI eficiente traz para a empresa é a possibilidade de oferecer a seus gestores embasamentos mais efetivos para tomada de decisões, reduzindo riscos e aumentando as possibilidades de lucros.

Apesar de muitos potenciais atrelados à Tecnologia da Informação e sua importância para os negócios, muitas empresas ainda sofrem com gestões de TI ineficientes que, ao invés de trazerem uma vantagem, acabam apresentando ainda mais defeitos, e gastos, para o negócio.

Uma gestão de TI ineficiente pode resultar não apenas em perdas financeiras dentro da gestão da empresa, mas também fazem com que seu negócio se torne mais fraco perante os concorrentes. É importante lembrar que, com a transformação digital entrando na pauta de organizações dos mais variadores portes, qualquer marca está preocupada em utilizar a tecnologia de forma efetiva para melhorar seu produto ou serviço e fidelizar os clientes.

Conheça 4 dicas para identificar a ineficiência da sua gestão de TI.

A tecnologia da informação é tratada como um custo para a empresa e não está apresentando lucros

O primeiro aspecto importante que pode ajudar a identificar a ineficiência da gestão de TI em seu negócio é o custo. Todo gestor está sempre preocupado com o lado financeiro de sua empresa, afinal de contas, ele é responsável pela manutenção do negócio, contratação de funcionários e ferramentas que possam levar o empreendimento a obter resultados melhores. É neste último cenário que a gestão de Tecnologia da Informação surge para ajudar a obter melhores resultados nos outros aspectos.

O problema é que muitas empresas que possuem uma gestão de TI ineficiente acabam enxergando na tecnologia a vilã de seus maus resultados econômicos. É comum que, conforme o tamanho do negócio, os investimentos em iniciativas tecnológicas sejam de altos valores, ainda mais se levarmos em conta que muitas empresas precisam contratar pessoas que serão responsáveis pela área de TI.

É importante perceber a TI como um investimento e não uma despesa.

Como já citado anteriormente, a tecnologia deve ser utilizada para potencializar seus negócios, aumentar a lucratividade e tornar sua empresa mais competitiva em um cenário onde cada vez mais negócios estão investindo em alternativas digitais para suas gestões.

Portanto, se a sua área de gestão de TI não está apresentando boas alternativas e os resultados estão sendo negativos, a melhor alternativa não é retirar o serviço de seu escopo empresarial, mas modificar a forma como ele está sendo feito.

Um exemplo de gestão de TI ineficiente impactando diretamente os negócios são os vazamentos de dados sensíveis de clientes. Algo semelhante ao que aconteceu com o Facebook em 2018 e reduziu a credibilidade da rede social junto a seus usuários. Erros como estes são resultados de uma gestão ineficiente de TI e trazem impactos negativos, tanto financeiros como de imagem, para o seu negócio.

Segurança das informações de sua empresa e clientes

O vazamento de dados de clientes, citado anteriormente, é um aspecto que também mostra um outro sinal de ineficiência na gestão de TI de um negócio: as falhas de segurança.

A transformação digital, bem como a Tecnologia da Informação, baseia sua eficiência na coleta e análise de dados, que são utilizados como base para tomadas de decisões mais precisas, menos custosas e mais lucrativas para o negócio. O problema é que tais informações são sensíveis e atraem a atenção de criminosos digitais, os hackers.

Por isso, se sua empresa apresenta falha na segurança de dados, seja por conta de vazamentos, suscetibilidade a ataques hackers ou apenas por perda de dados por conta de problemas técnicos, você pode estar sofrendo com uma gestão de TI ineficiente.

Fique atento à problemas de comunicação interna

A Tecnologia da Informação dispõe de infinitas possibilidades que podem ser utilizadas para melhorar os resultados de seu negócio, vendendo mais produtos ou serviços e melhorando o relacionamento com o cliente. Mas ela também pode trazer ganhos para a gestão de funcionários e a comunicação interna de sua organização. Este também é um aspecto que deve ser observado você para identificar uma ineficiência em sua gestão de TI.

A Tecnologia da Informação é utilizada, em muitas empresas, para aproximar os setores que compõem todo o escopo administrativo da organização. Portanto, se você observar que há problemas de comunicação entre os diferentes setores de seu negócio, é possível que isso seja um sinal de problema na área de gestão de TI. É importante notar que, em alguns casos, este problema pode ser apenas a falta de atenção da área de tecnologia em dedicar-se à comunicação interna.

Uma comunicação interna eficiente traz muito menos falhas na troca de informações entre setores, o que, além de agilizar processos, reduz custos que são atraídos por conta de erros na transmissão de dados ou atualização de bancos de informações.

Problemas na gestão de bens relacionados a TI

A Tecnologia da Informação traz consigo uma série de ferramentas, sejam elas hardwares, softwares ou sistemas, onde muitos deles possuem licenças de uso que precisam ser renovadas ou manutenções constantes. Uma gestão de TI eficiente precisa ter catalogação e controle de todos estes contratos externos, para que a empresa nunca se coloque em posição de estar sem os serviços importantes por conta de desatenção na hora de renovação. A gestão também está atrelada a atualização de sistemas, visando melhorar a tomada de decisões e evitar falhas de segurança.

 

Se você precisa de ajuda com sua TI, entre em contato conosco que podemos te ajudar!