Ter visão estratégica e assertividade durante um plantão médico nem sempre é tarefa fácil. Diante da correria, das situações emergenciais e do cuidado que deve ser dedicado aos pacientes, a parte administrativa pode ser prejudicada sem o apoio de um sistema de controle.

Desenvolvido no Japão, o Kanban é um sistema capaz de proporcionar maior visão e eficiência no processo e demandas de trabalho. Porém, ele não nasceu especificamente para atender o setor hospitalar, e é exatamente sobre isso que vamos tratar neste artigo.

Afinal, como aplicar o Kanban na área de saúde?

nova_cta_6bases

O que é Kanban?

A palavra Kanban significa “cartão visual”, e trata-se de uma técnica desenvolvida pelo japonês Taiichi Ohno para auxiliar na gestão de materiais e de produção.

O sistema foi utilizado pela Toyota e Taiichi Ohno foi um dos principais responsáveis pela forma de trabalho da empresa. Quando idealizado, o Kanban tinha como principal objetivo tornar a produção mais eficiente, além de otimizar as movimentações, tarefas, demandas e conclusões.

É um sistema que atua de forma visual, colocando referências essenciais para o processo de trabalho. Basicamente, são colocadas linhas de produção, cards coloridos e com tamanhos diferentes para descrever tarefas que precisam ser feitas e as que já foram concluídas. Tudo para orientar de forma visual sobre a produção, proporcionando mais assertividade e, claro, controle sobre as demandas.

Compreendendo o Kanban na prática

Na prática, a ideia do Kanban é fazer com que uma tarefa não seja levada a diante, sem que o processo anterior tenha sido completado. E é exatamente por apresentar uma ordem na gestão que o Kanban passou a ser aplicado em outras áreas, como é o caso da saúde.

Muitos centros médicos e hospitais estão utilizando o sistema para gerir os leitos. Existem dois tipos de Kanban, o de movimentação (que é o nosso tema) e o de produção, geralmente utilizado por indústria.

Toda futura ação será determinada pela anterior, seguindo uma ordem subsequente. É por isto que, de acordo com especialistas, o Kanban pode ser aplicado nas mais diversas situações: criação e manutenção de produtos, gestão, serviços, assim como diversos outros cenários, até mesmo na vida pessoal é possível utilizar a técnica.

No Kanban, a ideia é montar mapas visuais que possam auxiliar todo o processo e contexto. Isto permite mais assertividade na hora de colocar as tarefas em prática e, no caso da saúde, o Kanban se tornou um excelente sistema para gerir e controlar a entrada e saída de pacientes.

cta_6opcoesdebase

Afinal, como aplicar o Kanban na área de saúde?

Muitos hospitais já estão utilizando o sistema Kanban para gerir as vagas, entrada e saída de pacientes.

Através do Kanban, é possível sinalizar visualmente e identificar o tempo que o paciente está dentro do hospital recebendo os cuidados médicos e, consequentemente, ocupando um leito.

A aplicação do Kanban na área de saúde pode ser feita, inclusive, através de uma organização por especialidade, permitindo assim uma melhor gestão e localização dos doentes.

Inclusive, através dessa gestão, toda a equipe médica visualiza quem tem maior necessidade de cuidados e até mesmo a necessidade de se tomar novas medidas que precisam ser definidas por enfermeiros e equipe médica.

Ao incluir o Kanban na área de saúde, um quadro físico é instalado para que todos possam visualizar as informações importantes. Isto não impede que o hospital continue utilizando os sistemas de gestão hospitalar que reúnem todas as informações a respeito de cada paciente.

Melhora no fluxo e compartilhamento de informações

Entre os benefícios de aplicar o Kanban na área de saúde estão principalmente na melhora da gestão dos leitos, assim como no compartilhamento de informações importantes nos quadros.

Além dos nomes dos pacientes, no quadro há cores que correspondem ao tempo médio que cada um irá permanecer no hospital de acordo com o seu histórico de saúde.

O quadro é formado e acompanhado por toda a equipe de enfermagem que, todos os dias, precisam se atentar principalmente aos pacientes que estão identificados com as cores amarelo e vermelho.

A partir disso, eles podem se comunicar com os especialistas responsáveis para obter mais informações sobre o quadro do paciente e, assim, tomar decisões, como a realização de exames, consultas e até mesmo acelerar algo emergencial.

O padrão das cores ao aplicar o Kanban na área de saúde é determinado pela base a tabela SUS (Sigtap – Procedimentos SUS).

cta_6opcoesdebase

Kanban: mais benefícios para os pacientes

Não é de hoje que a população enfrente sérios problemas na área de saúde. Desde a falta de medicamentos, superlotação nos hospitais, demora na realização de exames, entre tantos outros problemas.

Neste sentido, aplicar o Kanban na área de saúde se apresenta uma solução assertiva e significativa para melhorar toda a gestão de pacientes. Com o sistema Kanban é possível identificar, por exemplo, quando um determinado paciente está há muito tempo internado.

Ao verificar isto através do quadro, a equipe médica pode buscar compreender os motivos, verificar se há exames pendentes, além de outras situações que estão impedindo o paciente de ter alta e, assim, liberar a vaga para outras emergências.

Além disso, vale ressaltar que não é saudável manter um paciente durante muito tempo internado, principalmente se ele não está com a saúde muito debilitada. É que o risco de infecções pode aumentar, prejudicando o paciente sem necessidade, daí a importância de fazer a gestão através do sistema Kanban.

Toda a população se beneficia se ocorre uma gestão mais eficiente, pois ao identificar os quadros de maior risco, com a ajuda do Kanban, não apenas o doente recebe uma atenção mais especializada, como uma nova vaga pode surgir para quem precisa entrar no quadro de internados.

É por isto que, quando aplicado na saúde, o sistema Kanban se torna uma ferramenta de extrema qualidade, sendo útil principalmente para gerenciar os cuidados aos pacientes.

Assim, toda a equipe pode identificar emergências e traçar medidas com o intuito de melhorar ao atendimento para toda a população. Não resta dúvida que, muito em breve, muitos hospitais e clínicas médicas irão contar com o Kanban para aprimorar todo o atendimento e fazer uma melhor gestão.

cta_6opcoesdebase

Conclusão

Como vimos, mais uma vez, o Kanban pode ser utilizado nas mais diversas áreas, pois é uma metodologia ágil, capaz de transformar a sua empresa e a sua vida. Existem softwares desenvolvidos que ajudam na utilização deste e de outros métodos de gestão. Se você deseja se informar melhor, entra em contato com a gente, ou me manda um e-mail para lameck@diferencialti.com.br.

[]’.

About Lameck Oliveira

Trabalho todos os dias para salvar o mundo do suporte em TI “ok” e torná-los suportes extraordinários, memoráveis. Empreendedor em TI, adepto do jiu-jitsu e jogador de pôquer nas horas vagas, sou fã das trilogias do Senhor dos Anéis e Hobbit. E contrariando meu nome, utilizo Windows.