Outsourcing é uma palavra muito conhecida por profissionais da área de Tecnologia da Informação. 

Porém, para quem é novato neste assunto, de maneira bem didática, Outsourcing ou fonte externa, numa tradução livre, nada mais é que o termo utilizado para definir o uso estratégico da terceirização do controle dos sistemas pertinentes a área de TI de uma determinada empresa.

Esta, por sua vez, utiliza esse método com o intuito de mitigar riscos e reduzir custos operacionais para aumentar a produtividade e gerar resultados sólidos. Vamos entender melhor?

Tipos de Outsourcing

Basicamente, existem três tipos de Outsourcing de TI: Onshore, Offshore e Nearshore Outsourcing.

Na primeira modalidade, a mais usada, o suporte técnico, o desenvolvimento de software e a manutenção da infraestrutura da companhia contratante são terceirizadas para outras empresas localizadas no mesmo país.

Na segunda modalidade, todo o processo de terceirização ocorre com países vizinhos, em geral que possuem fuso horários parecidos e culturas semelhantes.

Na terceira modalidade, os serviços são direcionados para outros países não necessariamente vizinhos.

Neste caso, são considerados fatores como o baixo custo de mão de obra e a potencialidade tecnológica desses países. China e índia atualmente são os locais mais procurados para Offshore Outsourcing.

Vale a pena investir em Outsourcing?

Talvez você esteja se fazendo esta pergunta e, para ser bem objetivo, a resposta é sim. Em um cenário de mercado cada vez mais competitivo, quando uma companhia começa a acumular um determinado volume de negócios e a gerar uma certa quantidade de dados, investir em um serviço de Outsourcing de TI torna-se a melhor escolha seja para reduzir custos.

Isso acontece porque será possível direcionar todos os esforços para outros setores vitais como vendas ou análise de dados.

É um investimento acessível?

Sim. Principalmente para as pequenas e médias empresas, em particular aquelas que não têm o enfoque na tecnologia.

Com um sistema de Outsourcing, as PMEs podem, por preços bem acessíveis, ter acesso a um suporte técnico especializado 24 horas por dia que irá auxiliar nos processos corporativos, na gestão de equipes, na redução dos gastos com manutenção de equipamentos e na logística.

Isso acaba refletindo na produtividade da empresa como um todo, em especial dos gestores que, num ambiente mais dinâmico, podem direcionar sua atenção apenas para o business.

Retorno no investimento

Ter uma gestão tecnológica eficiente é um fator imprescindível para que uma empresa se mantenha competitiva, especialmente em um mercado que a cada dia se torna mais competitivo.

Porém, a tecnologia pode se tornar um motivo de dor de cabeça para os gestores, principalmente em momentos de instabilidade econômica, aonde a busca por soluções e a tomada de decisões estratégicas embasadas por dados seguros fazem toda diferença para aquelas companhias que tem ambição de se destacar.

Em resumo

Fica claro que ter a seu favor serviços que facilitem o bom andamentos dos negócios aumentam os potenciais de ganhos das empresas.

E é por isso que serviços de Outsourcing ganham a cada dia mais adeptos, pois, num mundo competitivo, as boas parcerias fomentam o caminho para o sucesso.

E se você gostou deste post, conta pra mim! Ficou com alguma dúvida e gostaria de compartilhar comigo? Comenta logo abaixo ou entra em contato comigo através do e-mail lameck.oliveira@diferencialti.com.br

 

[]’s,

Lameck Oliveira